O Blog Educação proporcionará o aprendizado dos alunos da Rede Municipal de Ensino em tempos de Coronavírus, oferecendo atividades pedagógicas durante a quarentena até que as aulas, presenciais, sejam retomadas. Os conteúdos podem ser acessados pelos links, de acordo com a escola de cada aluno.

É muito importante que acessem com frequência as atividades disponíveis, conforme o nível em que a criança está matriculada, proporcionando assim, o desenvolvimento dos conteúdos planejados.

Aproveite este tempo para estreitar laços afetivos com a criança, oferecendo apoio durante as atividades e propondo momentos de brincadeira em família. Lembre-se de que o brincar possibilita que a criança faça novas descobertas, aprenda, fortaleça relações e se desenvolva.

Procure, se possível manter sempre uma rotina de estudos, com horários para alimentação, brincadeiras, higiene pessoal, sono, entre outros. Isso ajudará seu filho(a) na organização do tempo, trazendo conforto, segurança e melhor aproveitamento das atividades diárias.


domingo, 26 de julho de 2020

EMEIEF Sebastiana das Dores Moura









==================================================================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.







========================================================================================================================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.




Quem sou eu?
Nesta atividade as crianças devem aprender a reconhecer e até nomear as partes do corpo.

Primeiro mostre ao seu (sua) filho(a) o vídeo da História: Eu sou assim e vou te mostrar - Janisch Heinz

Disponível em: 


Acompanhe o vídeo identificando as partes do corpo da criança.

Em seguida coloque a criança em frente ao espelho e peça para que aponte e nomeie as partes do corpo.

Agora é hora do movimento:

Coloque o vídeo da música: cabeça, ombro, joelho e pé e dance com a criança. 

Disponível em:


Lembre-se de sempre repetir o nome das partes do corpo em voz alta e estimular a criança a repetir com você!

Para reforçar essa atividade faça um boneco em tamanho real da criança, basta deitá-la em cima de um papel pardo e fazer o contorno de seu corpo.

 Faça o desenho do rosto e peça para criança apontar no desenho as partes do corpo também e por fim use a imaginação e decore bem bonito!

Obs: Caso não tenha o papel pardo desenho no chão o contorno da criança usando giz ou um pedaço de tijolo.




Atvidade 1: Ouvir a história “Qual é a cor do amor - Linda Strachan”

Atividade 2: Observe a capa do livro

- Quem é o personagem principal da história?
- Quais outros personagens aparecem na história?
- Qual é a cor do elefantinho?
- Que cor você acha que é a cor do amor?
- Qual parte da história você mais gostou? Por quê?
- Que cor você mais gosta?

Atividade 3: Pergunte para sua família que cor eles acreditam ser a cor do amor.
Faça um desenho em formato de coração e pinte com a cor que você acha que é a cor do amor. Peça para que um adulto escreva por qual motivo cada um de sua família, acha que é a cor do amor.


Atividade 4: refletindo sobre o amor e a nossa família...
- Quem é a pessoa que você mais ama?
- Qual o tamanho desse amor? É grande? É pequeno?

Observe a arte do pintor brasileiro Romero Britto:

Disponível em <https://www.google.com/search?q=romero+britto+coracao> acesso em 15/07

Agora é com você faça uma releitura, ou seja, faça do seu jeito como seria a sua versão desse quadro. Se quiser, pode usar a figura abaixo para colorir da forma que quiser, ou se preferir peça que um adulto te ajude a fazer o desenho.


Atividade 5: Ouvir a música “Aprendendo as cores com os Brotinhos” 

- Quais alimentos são vermelhos?
- Quais alimentos são verdes?
- Quais alimentos são pretos?
- Quais alimentos são laranja?
- Qual é a cor da melancia?

Atividade 6: Elefante colorido
Separe um momento do seu dia que seja tranquilo e convide seus familiares para brincar junto.
Um participante é escolhido para comandar, no caso de crianças mais novas o ideal é que seja um adulto. Ele fica à frente dos demais e fala: “Elefante colorido!”. Os outros respondem: “Que cor?”. O comandante então grita o nome de uma cor e os jogadores correm para tocar em algo que tenha aquela cor.
Quanto mais longe o acesso a cor, mais difícil o jogo fica. 






Olá crianças, esta semana separamos atividades para se movimentar e brincar bastante em casa.

1.    Basquete com copos:

Nossa primeira atividade é o “Basquete” com copos e bolinhas. Você pode usar copinhos, potinhos de plástico, caixinhas...O que tiver em casa!
Basta fixar os copos na mesa e tentar rolar a bolinha para dentro deles. Você pode usar bolinhas coloridas, bolas de meias ou bolinhas de papel. Veja na ilustração abaixo como é fácil!


12. Caça ao tesouro com brinquedos:

Um adulto deve esconder alguns brinquedos pela casa e pedir para que a criança procure. Mostre com antecedência quais são esses brinquedos para a criança e ajude a encontrá-los de acordo com as características. Por exemplo: “O brinquedo amarelo está escondido na sala”. Conforme a criança for encontrando faça a contagem junto com ela: “Você encontrou 3 brinquedos, faltam mais dois”. Essa atividade além de trabalhar a noção de espaço irá divertir e ensinar muitos conceitos matemáticos como cores, formas e números.
Dica: Você pode fazer um caça ao tesouro temático – Só com animais, com utensílios da cozinha ou com peças coloridas.


Fonte da imagem:

13. Chão é lava:

Espalhe travesseiros e almofadas pelo chão. Pode também utilizar papelão ou outros objetos que não escorreguem muito pra subir durante a brincadeira. O objetivo é bem simples, basta imaginar que o chão é lava e pisar apenas nos objetos espalhados, construa um percurso no seu corredor ou sala. E não pise no chão neh?! Porque o chão é lava!


Fonte da imagem:

14. Brincadeira da estátua:

Essa é para brincar em família, chama todo mundo pra participar!
Um adulto ficará responsável por cuidar da música, coloque uma música bem divertida para tocar, quando a música parar todos devem ficar paradinhos igual uma estátua, o último a se mexer vence!
Ah e que tal uma estátua diferente?! Assista o vídeo abaixo e tente fazer a sua estátua seguindo as dicas da música. Vai ser muito legal!

Link do vídeo: “Brincadeira com Música Estátua Diferente - Tio Ricardo”






Senhores Pais,

Segue a proposta de atividades para a semana. Trabalharemos no tema reciclagem.

Para iniciar a conversa com as crianças propomos o vídeo, onde as crianças poderão observar o que pode ser reciclado em casa. Segue o link:


No decorrer do dia ir separando junto com os pais os materiais recicláveis que seriam descartados pela família.

Separados os materiais os pais poderão trabalhar as cores de alguns latões de reciclagem. Segue um exemplo:


Pedir para que as crianças separem os materiais de acordo com as cores.

Em uma folha separada trabalhar com as crianças as palavras: papel, plástico, metal e vidro focando na primeira letra de cada palavra.

Pedir para que desenhem os latões com os materiais separados.

No final da semana confeccionar com as crianças um brinquedo com os materiais que foram separados durante a semana para brincar.

Segue alguns exemplos do que poderá ser feito:




Boa semana e um abraço das professoras!






Essa semana abordaremos um assunto muito importante que diz respeito a nossa alimentação, pois para estar saudável é necessário ter uma boa alimentação. Vamos lá?

 

História: Camilão, o comilão



11-) Falaremos um pouco sobre os alimentos da história.
a)    Quantos alimentos aparecem na história?
b)    Você gosta de alguns deles? Quais? Escreva o nome deles.
c)    Qual é a fruta que você mais gosta? Procure as letras, recorte e monte a palavra.
d)    O que você levaria para esse piquenique? Escreva.
e)    Escreva os numerais de 1 a 10.
f)     Desenhe as 5 espigas de milho e 9 cenouras.
g)    O macaco deu meia dúzia de bananas para Camilão. Quanto é meia dúzia? Você descobriu?
h)    Os alimentos que aparecem na história são saudáveis?


22-) Faça um desenho sobre a história.
Saudáveis, coloridas, bonitas e muito saborosas as frutas têm um papel muito importante para nossa saúde.

3 3-) Vamos fazer uma vitamina de frutas? Elas são saborosas e muito nutritivas. Você pode colocar a fruta que gostar. Aqui 👇 vai uma sugestão, para quem gosta de banana, é uma delícia. Pode-se fazer também salada de frutas. Que delícia


14-) Vamos cantar e dançar com ¨Mundo Aquarela Kids¨



15-) Vamos fazer um cartaz como esse? Pegue 2 folhas, em uma cole alimentos saudáveis e em outra alimentos não saudáveis.

Sugestão a seguir:


16-) Desenho: comer alimentos saudáveis.

17-) Agora vamos tentar montar o quebra cabeça das frutas com seus nomes.



Ótima semana!
Estamos com saudades, tirem fotos e nos conte como foi a realização das atividades.


========================================================================================================================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.




Que som é esse?

Hoje vamos brincar de produzir sons com materiais que temos em casa através de chocalhos sonoros.

Vamos precisar de garrafinhas pet vazias (podem ser de água ou refrigerantes pequenos). Decore-as junto com a criança como quiser, pode colocar fitas, lantejoulas, retalhos de tecido, deixe sua imaginação fluir. Só não cubra a garrafinha por inteiro para saber qual o conteúdo da mesma.

Feito isso vamos colocar pequenas porções de grãos que temos em casa, como por exemplo: macarrão, arroz, feijão, milho para pipoca e grão de bico.
Após colocar as porções de grãos vede a tampa da garrafa com cola quente ou fita adesiva (nossas crianças são muito espertas e se não vedarmos a tampinha elas podem conseguir abrir).

Agora nossos chocalhos estão prontos

Feito isso reserve um momento e vá com a criança até um ambiente silencioso e comece a brincar com ela balançando o chocalho um tipo de cada vez e dizendo: Olha filho(a) esse é o som que faz o chocalho com arroz. Repita essa ação com todos os tipos de chocalho que produziram um de cada vez.

Depois de já ter apresentado todos os tipos de chocalhos confeccionados, comece a balança-los juntos formandos melodias e se quiserem podem até cantar cantigas ao som dos chocalhos.

Divirtam-se muito....

Não se esqueçam de registrar o momento com fotos e nos mandar. 




Atividade 1: Ouvir a história “ João e o pé de feijão”


Atividade 2: Interpretação Oral do texto
- Como chama o principal personagem do texto?
- O que ele foi fazer na cidade? Por quê?
- O que aconteceu com os feijões?
- Quem ele encontrou acima das nuvens?
- Qual parte da história você mais gostou? Por quê?

Atividade 3: Ilustrando a história
Dê uma volta pelo seu quintal, ou na sua rua e procure folhas de árvores bonitas e diferentes.
Em uma folha de sulfite desenhe seu próprio pé de feijão!
Observe que embaixo da terra ficam as Sementes (aqui você pode colar alguns grãos de feijão).
Acima da terra fica o Caule ou o tronco das plantas e árvores, e é daqui que saem as folhas (nessa parte você pode colar as folhas que encontrou pelo caminho e decorar bem lindo seu desenho).
Exemplo: 




Disponível em: < https://www.domuma.ru/2015/04/blog-post_28.html> acesso em 08/07/2020

Atividade 4: Hora de plantar
O que você acha de ter o seu próprio pé de feijão? Vamos plantar!
Você vai precisar de:
- 1 vasilha pequena, pode ser um copinho descartável ou que não usa mais em casa.
- Um pouco de algodão
- Alguns grãozinhos de feijão
- Água

Para que p feijão cresça você deve colocar o algodão dentro do potinho, suficiente para cobrir o fundo e umedecer com um pouco de água e colocar o feijão em cima (2 ou 3 grãozinhos).
O copinho deve ficar em algum lugar iluminado e arejado e sempre que possível molhar um pouquinho para que não fique seco, em 2 ou 3 dias, você vai perceber ele brotando!
Conforme a muda crescer uns 20 cm, o ideal é plantar na terra, para que tenha mais espaço para crescer.

Atividade 5: Hora de cantar
Chame a família para cantar e contar junto com você!









Assista junto com a criança o vídeo “Qual é a letra do seu nome”
 

                            Depois fale para ela qual é o nome da sua letra (inicial).

   Agora com a ajuda da família você deverá fazer no chão de sua casa a primeira letra de seu nome usando brinquedos de encaixe ou outros objetos.

   Escreva a letra inicial em uma folha e cole em seu contorno papeis picados, pode usar qualquer papel ex: jornal, sulfite etc.

  Agora vamos fazer um pouco de arte...em um prato de plástico grande coloque farinha de trigo ou areia e faça a inicial do seu nome usando o dedo.

Boa diversão...


Insp2. com.br







Senhores Pais, segue a proposta de atividades da semana, focando nas boas maneiras e nos movimentos do corpo, sempre brincando com o alfabeto.

Para iniciar a conversa propomos um link do vídeo que se segue onde é possível tratar sobre boas maneiras para as crianças.

Perguntar para a criança quando podemos usar as palavras (por favor, obrigado, com licença, desculpa, bom dia, boa tarde).

Qual das palavrinhas mágicas que a criança mais usa.



Pedir para a criança escolher uma dessas palavras e mostrar como seria usado essa palavra. Por exemplo: Chegando na escola o que se diz? Como se responde?

A segunda atividade você vai precisar de sapatos (chinelo, tênis, sandália), o suficiente para montar um grande círculo do tamanho que a criança possa entrar.

No primeiro momento vamos aprender o tempo da música e a coreografia.

Depois vamos auxiliar a criança fazer um grande alfabeto e espalhar as letras no chão. No momento de entrar no círculo a criança pega uma vogal e coloca dentro do círculo, fazendo até acabar as vogais. Talvez seja necessário tocar a música mais de uma vez.

No segundo momento vamos escrever o nome da criança dentro do círculo, letra por letra no ritmo da música.

No terceiro momento vamos precisar de um prato e diversas tampinhas com as vogais ou letras do nome da criança, acompanhando a música vamos colocar as tampinhas dentro e fora do prato com os dedos em formato de pinça.

Segue vídeo explicando a atividade na prática.


Segue link com o áudio para a brincadeira.


Abraço e uma semana abençoada!

Cuide-se
Se possível
Fique em casa

Essa semana brincaremos com as letrinhas do alfabeto.

Pra começar, que tal um jogo?



Vamos cantar ?


Agora que nós já relembramos as letrinhas, que tal tentar escrever do seu jeitinho, os nomes das pessoas que moram com você?

Escreva seu nome, depois para cada letra do seu nome escreva outras palavras.  Exemplo: EVA ( Espelho_ Vela_ Abacate). Se precisar, peça ajuda pra um adulto.

Agora vou lançar um desafio:

Quem consegue fazer as letrinhas usando o próprio corpo?

Vou colocar um vídeo para ajudar, chame sua família para brincar com você.



Agora siga a contagem utilizando os dedinhos, como no quadro.


E vamos mexer mais o corpinho?



==================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.


Telefone de copo

      O Telefone de copo serve para conversar de um jeito divertido com quem está por perto.

      Vamos fazer e brincar: Precisamos de dois copos de plásticos resistente e barbante:
       Faça um furo na base do copo e passe o barbante pelo buraco, dê dois nós na ponta do barbante para que o fio fique preso no copo e faça a mesma coisa com o outro copo unindo os dois com o mesmo barbante coloque no ouvido da criança e fale algo para chamar sua atenção.

      Dica: para a brincadeira dar certo é preciso deixar o fio bem esticado entre os copos e se quiser customizar o copo é só colar adesivos, fita colorida ou usar a imaginação. 





Atividade 1: Ouvir a história “Maria vai com as outras – Sylvia Orthof”


Atividade 2: Observar a capa do livro e conversar oralmente


- Você gostou da história? Qual parte você mais gostou?
- Como chama a ovelinha da história?
- Por que Maria acompanhava tudo o que as outras ovelhas faziam?
- O que ela não gostava, mas fez por que as outras também faziam?
- O que você não gosta de comer?

Atividade 3: Sugestão de músicas para ouvir


Atividade 4:  Vamos contar carneirinhos?



E você consegue contar até que número? Conte com sua família!


Atividade 5:  Confecção de dobradura para usar como fantoche de ovelhinha



Atividade 6: Brincadeira de ovelha perdida

Chame todo o pessoal que mora com você e queira participar, uma pessoa é escolhida para ficar com os olhos vendados, pode ser com um lenço ao redor dos olhos, as outras pessoas fazem um circulo em volta, a pessoa com os olhos vendados aponta o dedo e pergunta: “você é minha ovelha perdida?” a pessoa deve imitar o som da ovelha(balido) disfarçando a voz, e quem está com os olhos vendados deve adivinhar quem é, se acertar, troca de lugar a ovelha e o pastorzinho.




Assista com a criança o vídeo “O diário de Mika – As Formas”
 
Após assistir ao vídeo converse com a criança sobre o que ela mais gostou. Relacionem as formas que aparecem na história.

Para a criança se familiarizar com as formas que tal confeccionar bonecos com cada uma delas? A família poderá utilizar os materiais disponíveis em casa (Papelão, tintas coloridas, folhas diversas, cola, etc.). Fale sobre as formas, aproveite para pedir exemplos de onde podem ser vistas. O toque final fica por conta do desenho da boquinha, nariz sobrancelhas que a criança mesma pode fazer.
Aproveitando os bonecos, vamos brincar? Mostre o boneco para a criança e peça para que encontre um objeto na casa que lembre aquela forma. A família pode escolher o objeto e esconder para que a criança o encontre. Uma brincadeira tradicional que pode ser feita com uma ou várias crianças, é o está quente, está frio. Daí a diversão está em dar pistas dizendo se a pessoa está quente (ou seja, perto do objeto) ou se está frio (longe do objeto).

Senta que lá vem história...


Após a história vamos usar a criatividade e explorar o círculo através do carimbo. Para isso vamos precisar de um rolinho de papelão, tinta e uma folha. E aí é só deixar a criança explorar o carimbo e criar suas imagens. Se quiser pode criar outras formas também.


Para finalizar, uma folha impressa. A criança poderá cobrir o tracejado fazendo uma colagem com a supervisão de um adulto e poderá utilizar bolinhas de papel, macarrão, palitos ou canudinhos. Após a colagem podem colorir com tinta.







   Senhores Pais, segue a proposta de atividades da semana, focando nas estações do ano.

   Para iniciar a conversa propomos o link do vídeo que se segue onde é possível tratar sobre as estações do ano.

   Os responsáveis podem escrever as estações do ano e explicar para as crianças cada uma delas.

   Pedir para a criança dizer qual a sua estação preferida e porque, fazer um desenho e escrever o nome da estação com a ajuda de um adulto.



      Com a ajuda de um responsável fazer um quadro com a rotina diária da criança marcando o horário de cada atividade realizada. Pode ser feito através de ilustrações.




Pipas  CALLIOU

·         Quais materiais foram usados para fazer a pipa?

·         As crianças estão soltando pipa dentro ou fora de casa?

·         Tem um adulto por perto das crianças?

Musica 

·         Converse com a criança sobre os riscos de se usar cerol nas linhas de pipas.


NÃO soltar pipa perto de redes elétricas

·         Quais os melhores locais para se soltar pipa?

·         Faça um desenho bem bonito de um local adequado para soltar pipa sem correr riscos.


Observe  a obra de Cândido Portinari ‘’Meninos Soltando Pipas’’ – 1938, e responda as questões abaixo.

http://www.portinari.org.br/img/sections/collection/artwork/2000/2276.jpg

1.    Quantas crianças aparecem na imagem? Quantas estão soltando pipas?

2.    Quantas pipas estão no céu e de que cores são? Desenhe a quantidade e escreva o numeral.

3.    Onde estão essas crianças?

4.    Você consegue fazer um desenho parecido com esse do artista Candido Portinari.

5.    Recorte as letras da palavra pipa e cole-as montando.

6.    Vamos fazer uma pipa. Só solte se for possível, já que nesse momento é primordial ficar em casa.





========================================================================================================================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.


Passa a Bola

Esta atividade é simples e pode ser executada de diversas formas, aumentando a dificuldade conforme a coordenação da criança.

Para as crianças que ainda não andam:

1.Com uma bola de sua preferência sente a criança e com dois metros de distância role a bola em sua direção. Incentive a criança a devolver a bola com as mãos.

2. Pegue uma caixa de papelão que acomode a bola com facilidade, deixe-a no chão com a parte superior voltada para sua direção, auxilie a criança a ficar de pé e incentive a chutar a bola em direção.

Para as crianças que já andam:

  1. Com uma fita crepe demarque no chão um campo de futebol e com duas caixas de papelão faça os gols. Incentive a criança a chutar e acertar a bola dentro da caixa.
  2. Oriente a criança a passar a bola com as mãos por cima da cabeça, dos lados e por baixo da perna. Aumente a dificuldade aumentando a sua distância da posição onde a criança está, desta forma ela terá que fazer um arremesso para que você pegue.
Sempre explique e faça uma vez para que a criança observe como deve ser feito.

Exemplo:




 acesso em: 26/06/2020.




Atividade 1: Ouvir a história “A ilha dos sentimentos – Varal de histórias”



A ilha dos sentimentos


Era uma vez uma ilha, onde moravam todos os sentimentos: a Alegria, a Tristeza, a Sabedoria e todos os outros sentimentos. Por fim o Amor. Mas, um dia, foi avisado aos moradores que aquela ilha iria afundar. Todos os sentimentos apressaram-se para sair da ilha.

Pegaram seus barcos e partiram. Mas o Amor ficou, pois queria ficar mais um pouco com a ilha, antes que ela afundasse. Quando, por fim, estava quase se afogando, o Amor começou a pedir ajuda. Nesse momento estava passando a Riqueza, em um lindo barco. O Amor disse:

– Riqueza, leve-me com você.
– Não posso. Há muito ouro e prata no meu barco. Não há lugar para você.

Ele pediu ajuda a Vaidade, que também vinha passando.

– Vaidade, por favor, me ajude.
– Não posso te ajudar,Amor, você esta todo molhado e poderia estragar meu barco novo.

Então, o Amor pediu ajuda a Tristeza.

– Tristeza, leve-me com você.
– Ah! Amor, estou tão triste, que prefiro ir sozinha.

Também passou a Alegria, mas ela estava tão alegre que nem ouviu o Amor chamá-la.
Já desesperado, o Amor começou a chorar. Foi quando ouviu uma voz chamar:

– Vem Amor, eu levo você!

Era um velhinho. O Amor ficou tão feliz que esqueceu-se de perguntar o nome do velhinho. Chegando do outro lado da praia, ele perguntou a Sabedoria.

– Sabedoria, quem era aquele velhinho que me trouxe aqui?

A Sabedoria respondeu:

– Era o Tempo.
– O Tempo? Mas porque só o Tempo me trouxe?
– Porque só o Tempo é capaz de entender o “Amor“.


Fonte: Mais belas Histórias Budistas  / Autor: Reinilson Câmara

Atividade 2: Conversar oralmente
- Você gostou da história? Qual parte você mais gostou?
- Quem ficou na ilha por último?
- Quem ajudou o Amor a sair da ilha?
- Você ama alguém?
- Quem você ama?
- Quem você acha que ama você? Por quê? 

Atividade 3: Sugestão de filme “Divertida-mente”


Atividade 4: Conversando a respeito dos personagens do filme.
Aponte o personagem e diga como você se sente quando:


-Ganha um abraço?
-Sente cheiro ruim?
-Encontra uma barata?
-Brigam com você?
-Seu brinquedo quebra?
-Ganha um presente?
-Vê uma cobra?

-Diga quais coisas te deixa feliz?
-O que te deixa triste?
-Por que você fica bravo?
-Do que você tem medo?
-O que te faz ter nojinho?

Atividade 5: Confecção do pote da calma

O pote da calma é uma inspiração do método de uma influente educadora chamada Maria Montessori, que é usado para acalmar as crianças após o choro ou brigas.
Para confeccioná-lo você vai precisar de:

1 pote de vidro com tampa ( Pode ser garrafa pequena PET)
1-2 colheres de sopa de glitter ou cola glitter.
3-4 colheres de chá de purpurina
1 gota de corante alimentar
Água

Como fazer:
A quantidade de água a ser utilizada varia de acordo com a capacidade do pote. Leve em consideração que você deve deixar um espaço vazio na parte superior do vidro, para poder agitar o seu conteúdo.

Despeje no vidro a água e a cola glitter. Mexa com muita paciência para que o glitter da cola se desmanche na água. Adicione a purpurina e misture novamente. Adicione uma gota de corante alimentar e feche bem a tampa do pote.

Você pode também utilizar outros materiais (de preferência coloridos) para despertar interesse das crianças.

Azul é a cor que geralmente mais acalma.

Exemplo:


Atividade 6: São tantas emoções

Posicionar a criança em frente a um espelho e pedir que faça expressões de acordo com as vistas no filme (alegria, tristeza, raiva, nojinho e medo) para que ela possa se observar.

Em outro momento, pedir para que a criança desenhe em uma folha, no espelho, o seu rosto com o semblante escolhido e falar o que faz ela se sentir dessa forma.

Exemplo:







1.Hoje vamos falar sobre sentimentos. Para começar vamos ouvir uma história muito legal da Anna Llenas que se chama “O monstro das cores”.


2. O monstro estava todo confuso com seus sentimentos e emoções. E você? Converse com sua família sobre o que te deixa muito alegre ou que deixa triste. Você, às vezes, sente raiva ou medo? O que te deixa bem calmo e tranquilo?

3. Que tal uma música pra gente expressar nossas emoções? Assista o vídeo e imite a expressões e gestos da canção!


4. Tenho um desafio para você: Vá até um espelho e faça as expressões de emoções que você aprendeu hoje: Cara de bravo, alegre, cara de medo e tristeza. Faça muitas caretas legais!

5. O monstro das cores precisava organizar suas emoções, colocar cada cor em seu lugar. Vamos brincar de separar as cores também? Você pode usar bolinhas feitas com massinha de modelar, carrinhos, bolas coloridas, peças de bloco de encaixe e até mesmo seus brinquedos. Siga os modelos que deixamos aqui e coloque cada cor em seu devido lugar!


Fonte: https://www.tempojunto.com/2016/04/08/10-ideias-de-brincadeiras-coloridas/

Fonte: http://autismo-licaodevida.blogspot.com/2011/02/semana-teacch-atividades-com-cores-e.html

Atividade bônus: Se você é assinante da Netflix sugerimos o filme “Divertida Mente” de 2015 produzido pela Pixar Animation Studios e lançado pela Walt Disney Pictures.




Senhores Pais, segue a proposta de atividades da semana, focando nos dias da semana, alimentação e estações do ano.

   Para iniciar a conversa propomos o link do vídeo que se segue onde é possível tratar sobre o nome das frutas que aparecem no vídeo, letra inicial e final dos nomes, cor, formato, peso, odor, sabor (doce, azeda...), preferência da criança, preferência da família e à partir daí fazer um gráfico.

   Os responsáveis podem escrever as consoantes do nome das frutas  e a criança deve completar usando as vogais: A, E, I, O ,U com auxílio dos pais.

   Faça uma dobradura de sua fruta escolhida ou desenhe e pinte bem bonito; não esqueça de escrever e contar as letras da fruta. A mamãe pode soletrar as letras ou escrever num papel à parte e pedir para criança copiar.



Vamos à feira? Agora separe as frutas de brinquedo que você tem em casa ou recorte de revista, espalhe no chão e com uma cestinha, bacia ou até mesmo carrinho faça a sua compra, mas, antes, chame a família toda para brincar.



E para encerrar a semana que tal preparar uma deliciosa salada de frutas? Liste as frutas que serão utilizadas. Quando o papai ou a mamãe chegar com as frutas aproveite para conversar sobre os preços das frutas, compare os valores e fale sobre as frutas mais comuns no inverno. Agora uma boa higienização, atenção ao consumo da água e bom apetite!!!!



O friozinho começa a entrar por portas e janelas e os casacos passam a fazer parte de nosso vestuário. É a época perfeita para fazer um projeto sobre o inverno.



Que tal assistirmos um filme bem legal, não esqueça de pegar a pipoca e uma cobertinha!

Agora que você já se divertiu com esse filme, vamos conversar um pouquinho.

1 – A Frozen, congelava tudo o que tinha pela frente. Mas antes de congelar como era a natureza e depois como ficou?
No final de tudo, descobriremos que todos nós precisamos de algo para sermos felizes, o que é?

Faça um cartão com a palavra “AMOR” bem grande e decore para que ela fique bem linda e dê de presente a alguém que você ama muito.

2- Qual dessas imagens representa o inverno?



3- Que tipo de roupas usamos no inverno? Vamos procurar em revistas, pessoas usando roupas de frio e de calor, divide uma folha sulfite ao meio e de um lado você irá colar pessoas com roupa de frio e do outro lado, pessoas com roupas de calor.

4- Existe alguma comida típica do inverno?
Convide sua família para escolher uma comida bem gostosa, que seja típica do inverno e coloque as mãos na massa, faça a receita, tire foto e poste no facebook da escola, e não se esqueça de colocar a receita na descrição, com o título, comidas de inverno JDII.

5- Reescreva a receita do seu jeitinho, usando figuras ou desenhos para representar os objetos:

Ex: 1 copo de leite

6- E agora chegou a hora de brincar:


Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.

==================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.



Cama de gato.

Vamos nos divertir e descobrir maneiras novas de locomoção?

Esta atividade é bem simples e iremos precisar apenas de um pedaço razoavelmente grande de barbante, elástico ou fio de malha.
Escolha um espaço em sua casa onde seja possível passar o barbante de um lado para o outro formando uma espécie de teia (pode ser entre moveis ou entre duas paredes colando com fita adesiva).
Coloque a criança em dos lados da teia já pronta e fique do outro lado chamando-a e incentivando a passar pelos obstáculos para chegar até você.

DICA: caso queira também pode colocar brinquedos ou bexigas pendurados na teia para atrair a criança.

Registre a atividade com fotos se possível.

A atividade faz com que a criança adquira confiança e descubra novas formas de se locomover. Uma brincadeira saudável, que ensina e estimula o desenvolvimento delas.


Exemplo: 

Disponível em: http://cicachinhos.blogspot.com/2015/03/cama-de-gato.html acesso em: 18/06/2020.




Atividade 1: Ouvir a história “A festa Junina”


Agora que já vimos mais um pouquinho sobre a festa junina, vamos brincar com algumas brincadeiras típicas da festa junina? Com a ajuda da família, vamos conhecer algumas:

Atividade 2: Torre dos copos

Para essa brincadeira, vamos precisar de no mínimo 6 copos, que podem ser descartáveis ou de plásticos. Vamos empilhar com 3 embaixo, 2 no meio e 1 em cima. Peça para a criança ajudar a empilhar e a guardar. E depois, deixe a criança derrubá-la, pode ser com uma bola. Se tiver algum brinquedo em cima, vai gerar maior interesse das crianças em derrubá-lo. Dessa forma:


Disponível em 18/06/2020 <https://www.google.com/imghp?hl=en

Atividade 3: Acerte o copo

Em um espaço tranquilo da casa, como a sala ou o quarto, cole dois copos de plástico ou descartável no chão e a competição vai ser de quem consegue acertar a bolinha dentro do copo, quanto mais longe for, mais difícil será de acertar o alvo.


Disponível em 18/06/2020 <https://www.google.com/imghp?hl=en

Atividade 4: Pescaria

Com uma caixa de sapato vazia, colocar alguns pedacinhos de papel, tampinhas de garrafas e outros objetos pequenos.  Com o pregador (prendedor de roupas do varal) pegar os itens da caixa.
O adulto responsável pela atividade irá mostrar primeiramente para a criança como se faz, apertando os pregadores, para pegar os itens que há dentro dela e tirando para fora.
Agora é a vez da criança! Deixar a criança fazer o movimento de abrir os pregadores, segurar e colocar os itens para fora da caixa. Auxiliar se for necessário, até que a criança consiga fazer os movimentos e realizar a atividade.
Pode ser feito em forma de competição com outras pessoas da casa.

Disponível em 18/06/2020 <https://www.google.com/imghp?hl=en


Atividade 5: Assistir o vídeo que explica quem foi Alfredo Volpi e qual a sua importância no Brasil, onde suas obras são referência a respeito das festas juninas.

 

Ao final do vídeo a atividade 6, que é um desafio, faça na sua casa com o auxílio da sua família a sua própria releitura das obras dele, com as bandeirinhas, vocês podem usar os mais diversos materiais, como revistas, jornais, papéis coloridos e o que sua imaginação permitir. Capriche!

A seguir alguns exemplos das obras do artista, para você usar como referência:







1     Assista junto com a criança o vídeo da história “O casamento matuto da bicharada”


1     Agora você é o artista: Observe as obras de Alfredo Volpi e escolha a que mais gostou...Com a ajuda de um adulto  faça a releitura da obra, ou seja,  tente fazer o desenho ( no sulfite ou no papel que você estiver em casa) igual ao quadro do artista, observando cores, formas etc.


2     Vamos brincar um pouco...a primeira brincadeira é BOLA NO BALDE uma adaptação de boca do palhaço: usando um balde e bolinhas ou até mesmo bolas de meia tente jogar a bola e acertar o balde.

A segunda brincadeira é PEGUE A BOLA COM OS PÉS uma adaptação da pescaria: usando uma bacia com água coloque bolinhas ou alguns brinquedos dentro, sente em uma cadeira e com os pés tente pegar as bolas ou brinquedos e no final conte quantos você conseguiu pegar...Essa atividade deve ter a supervisão de um adulto.

3     Agora você vai ser um “master chef”... Com a ajuda de um adulto vamos fazer paçoca de biscoito maisena. A receita está aqui.


Ingredientes

·         400 g de amendoim (1 pacote)
·         400 g de bolacha de maizena (1 pacote)
·         2 caixas de leite condensado
Modo de fazer
1.    Torre o amendoim e triture no liquidificador, não é necessário tirar a pele.
2.    Reserve em um recipiente para sovar, triture também a bolacha no liquidificador.
3.    Misture o amendoim e a bolacha, em seguida despeje o leite condensado, misture tudo muito bem.
4.    Coloque em forma de bolo de alumínio para modelar, se preferir ela fina coloque em uma forma grande.
5.    Cubra com papel alumínio e leve à geladeira por 2 horas para ficar com melhor consistência, mas não é necessário, pois quando termina ela está ótima a ser servida.
bom apetite..



Estamos ainda no mês de junho e como falado anteriormente, nesse mês acontecem as Festas Juninas.
São muitas as brincadeiras, comidas e danças que exploramos nessas festas. O que vocês acham de explorarmos um pouco mais sobre elas?

Brincadeira: Derruba latas

 Essa brincadeira é bem legal e é muito fácil de fazer, acesse o link


ou então veja abaixo como fazer.

Você precisará de 2 pares de meia (podem ser aquelas que de repente falta o par ou já estão velhinhas). Depois coloquem elas abertas uma sobre a outra e enrolem. Por último, coloquem esse rolinho de meias dentro do último pé-de-meia e vão vestindo até que vire uma bola.

Já os potinhos os quais serão derrubados, poderão ser feitos com latas, garrafas pets(pequenininhas), copos ou rolinhos de papel higiênico, onde você poderá numerá-los de 1 a 7, para que a criança tenha esse contato visual com os números.
Após terem preparado os materiais, que são bem simples, é só colocar as latas ou o material utilizado, um sobre o outro, e a criança a partir de uma distância, tentará acertar e derrubar as latas ou o material que foi utilizado.

Aproveite essa brincadeira com o seu filho para explorar números e quantidades;


Atividade

Agora numa folha, faça os números de 1 a 7 (um abaixo do outro) e na frente do número, peça para a criança colar a quantidade de bolinhas de papel crepom de acordo com o número.


 Comidas Típicas

Nas Festas Juninas, além das danças, brincadeiras, tem também as comidas típicas. Entre elas, o Milho Verde, o qual nos permite fazer muitos pratos deliciosos como: Pamonha, Cural, Bolo de Milho e muitos outros. E é pensando no Milho que aprenderemos um pouquinho mais sobre esse alimento.

Vamos lá?

Mas antes, vamos assistir um vídeo? 



E aí gostaram?

   O milho é um conhecido cereal cultivado em grande parte do mundo. É um produto que, como qualquer outro, apresenta suas peculiaridades. Inclusive, no que diz respeito a seu plantio. Assim, a plantação deve ser feita de acordo com sua região e temperatura, uma vez que, no caso do milho, não há uma estação do ano específica para ele. E por falar em estações do ano, vocês sabem quais são elas?

Repitam comigo: Primavera, Verão, Outono e Inverno.

Obs: Caso vocês pais/responsáveis queiram saber um pouco mais sobre o milho e sua história, acessem as fontes abaixo.
(Trechos retirados das fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Milho


Atividades

1.    Srs. Pais, após lerem o texto acima sobre o milho, converse com a criança sobre o que ela entendeu, pergunte sobre qual prato feito de milho verde ela gosta mais e fale com ela sobre as estações do ano: Primavera, Verão, Outono e Inverno, já que, como explicado acima, cada tipo de alimento, nesse caso, o milho, tem suas peculiaridades quanto ao seu plantio e colheita. Lembrando que estamos saindo do Outono e entrando no Inverno (aproveite essa conversa e explore sobre as vestimentas que usamos no inverno);


2.    Faça a letra M (Milho) numa folha e peça para a criança contornar a letra com lápis de cor/canetinha/giz de cera ou tinta guache.


Junto com a mamãe/responsável, assistam o vídeo: Dias da Semana! Acessem esse link: 


      ou a partir da letra escrita abaixo, cantem a musiquinha juntos, dançando e contando nos dedinhos a ordem dos dias da semana, exemplo: Domingo é o 1 dia e assim sequencialmente. Nessa atividade exploraremos os números os quais representam o dia da semana. Após ouvir e cantar junto a musiquinha, converse com a mamãe e pergunte em que dia da semana nós estamos.


Música: Dias da Semana

Refrão: Sete dias
a semana tem,
Quando uma acaba
Outra logo vem.

Domingo, Segunda, Terça-feira
Quarta-feira, Quinta-feira
Sexta-feira,
Sábado que bom!

2.    Mamãe/ Responsável,
Em uma folha em branco, faça um contorno da sua mão e o contorno da mãozinha da criança, após terem feitos, conte juntos quantos dedinhos tem e questione a criança sobre qual mão é maior, quais dedos...



         É mês de muita festa. Vamos saber um pouquinho mais sobre essas festas.
Leia o texto e faça algumas perguntas para seus filhos, ajudando-os a entender um pouco mais sobre o assunto, como:
Você gosta de festa junina? O que mais gosta? Quais as comidas típicas? Qual o nome da dança que se faz nessas festas? Etc.


Conte para seu filho(a) como eram as Festas Juninas quando você era criança. Depois pergunte para a criança caso ela já tenha participado de alguma Festa Junina se ela acha que hoje as festas são iguais ou diferentes e por quê.

 


Fogo no céu
Mary e Eliardo França

O bode falou para o rato:                                                                         
_O céu pegou fogo!
O rato falou para a pata:
_O céu pegou fogo!
A pata falou para o galo:
_O céu pegou fogo!
Fugiu o rato, fugiu o galo, fugiu a pata, fugiu o bode.                 
O bode viu a coruja e falou:
_Corre coruja! O céu pegou fogo.
O fogo vai cair na mata!
A coruja viu o céu e falou:
_O fogo é um balão de São João.
O bode falou:
_Um balão de São João! Vamos apagar o fogo do balão.       
O fogo não pode pegar na mata!
O balão caiu. O bode apagou o fogo e pendurou o balão.
E todas deram vivas a São João!

ATIVIDADES:

11 - Faça as seguintes perguntas para seu filho e registre o que ele disser.
a)           Por que soltar balões é proibido?
b)           O bode estava apavorado com o fogo no céu. O céu estava realmente pegando fogo?
c)           A coruja, esperta, deu a sua opinião. Que explicação ela deu para o bode? sobre o tal fogo?
d)           O bode estava preocupado com a queda do balão. O que essa queda poderia causar?
e)           De que maneira o bode resolveu o problema do possível incêndio na mata?
f)            Além do que o texto conta, o que mais poderia ter acontecido na noite de São João? Imagine, escreva ou desenhe. 

22 - Agora peça para criança fazer um desenho da história.

33 - Escreva o nome dos animais que aparecem na história.


Ouça a música:




14 - Vamos fazer um balão utilizando triângulos. Enfeite seu balão.
Ex.


 Festas juninas: os perigos e riscos dos balões e fogos de artifício


Leia a música:

Cai, Cai Balão

Cai, cai balão
Cai, cai balão
Aqui na minha mão                                
Não cai, não
Não cai, não
Não cai, não
Cai na rua do sabão.

Peça para que a criança:

11-  Escreva as palavras que terminam em ÃO.
22- Escreva outra palavra com as letrinhas da palavra BALÃO.
33- Anote quantas vezes aparece a palavra BALÃO na música.

Vamos fazer uma das brincadeiras, desenhar e relatar como foi.


Pode ser feito por foto.

Vamos jogar um pouquinho, preenchendo com as quantidades solicitadas.



É importante que as atividades sejam distribuídas durante a semana para que a criança não se canse fazendo tudo em um dia.
Bom trabalho.
‘’Juntos somos fortes’’

Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.



===============================================================================================================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.




Caixa de ovo

Para essa brincadeira vamos precisar de uma cartela de ovos, palitos de sorvete e tinta guache.

Pintar com cores diferentes a cartela de ovos, quantas cores desejar, fazer algumas aberturas em cima.

Pintar os palitos de sorvete das mesmas cores da cartela.

A criança deve pegar o palito de determinada cor e colocar na abertura da cor correspondente da cartela e assim sucessivamente, incentive a criança para o que ela deve fazer.







                Para começar vamos assistir o vídeo: “Fogo no céu – Mary França e Eliardo Grança”



Atividade 1:
Observar a capa

Conversar com a criança a respeito do que a história falou.
- Quem aparece na história?
- O que eles estão vendo?
- Onde está?
- O que era na verdade?

Atividade 2:
Quem estava no céu era um balão, você sabe como ele é? Vamos montar juntos?
É só seguir o passo a passo, com a ajuda de um adulto: Você vai precisar de uma folha, pode ser sulfite, jornal ou colorida. Veja aqui como se faz:



Que ótimo que você conseguiu, agora pode brincar com o seu balão!

Atividade 3:
Vamos conversar um pouquinho sobre o que é Festa Junina.... Você já viu uma?
Explicar o que as pessoas, fazem, comem, bebem, vestem, dançam, enfim... tudo sobre o que elas fazem nas Festas que acontecem em junho e representam a cultura caipira do nosso país!
Alguém na família já participou de uma festa assim quando era pequeno na escola? Tem fotos pra mostrar para as crianças? Que roupas se usam? É um momento muito gostoso para se lembrar de recordações dessa época em família.

Atividade 4:
Você sabe alguma comida típica de festa junina?
Você sabia que a pipoca é uma comida típica das festas juninas? Você sabe de onde ela vem?
Mostrar para as crianças (se possível) o milho, os grãos e finalmente a pipoca estourada para todos comerem juntos. (que delícia).
Pula-pula pipoca: 

 

Atividade 5:
Você conhece alguma música que fala de pipoca? Vamos dançar? Então vamos! Chama a família toda para aproveitar e fazer um exercício físico, que faz muito bem para todos!






Para começar vamos fazer a leitura da história “ERA UMA VEZ UM GATO XADREZ” escrita por Bia Villela. A família poderá encontrar essa história clicando no link abaixo.



Após a leitura conversem sobre o que a criança mais gostou da história e relembrem as cores dos gatos.

Para descontrair que tal uma música? Vamos ver e ouvir “O GATO COMEU”- A Turma Pula Pula. 

A família poderá pedir para a criança nomear as cores dos gatinhos e podem contar juntos quantos aparecem no vídeo.


Com a ajuda da família a criança poderá fazer um desenho utilizando sua cor preferida para contar a parte que mais gostou da história ou da música.





CONVERSA PROPOSTA: sobre a festa popular, data comemorativa como a FESTA JUNINA, por exemplo.             É chamada assim porque acontece no mês de JUNHO. Nela valorizamos a nossa cultura e o nosso FOLCLORE.  A FESTA JUNINA deve ter quitutes, comidas típicas! HUMMM..., só de pensar dá água na boca!  

 1 - Vamos fazer uma LISTA de 10 (DEZ) ``coisas´´ que não devem faltar numa FESTA JUNINA, enumerando-os? 
APOIO:  Festa Junina dos Números, no vídeo 




                       1-    PIPOCA;                      
2-     BALÃO;
3-     CANJICA;
4-    BANDEIRINHAS;
5-    FEIJÃO PARA O QUENTÃO;
6-    MAÇA DO AMOR;
7-    MILHO VERDE;
8-     MADEIRA PARA FOGUEIRA;
9-    CANÇÃO
10-  ALEGRIA

2 - Vamos fazer uma RECEITA juntos ao som de uma canção típica das Festas Juninas? (Ouvir música típicas como fundo enquanto prepara a receita. Conversar para conscientizar a crianças sobre a importância na higienização pessoal, dos alimentos e no seu preparo principalmente nesse momento de Covid 19.     

                                                       RECEITA DE PIPOCA DE PANELA                                                                                                      INGREDIENTES:                                                                                                                                                                                  
3 COLHERES DE ÓLEO; 
                                          1 COLHER DE SOPA DE MARGARINA;                                          1 XÍCARA DE MILHO DE PIPOCA;
SAL A GOSTO

                                                           MODO DE FAZER                                                    
Em uma panela, coloque a manteiga e mexa até derreta. Depois de derretida, acrescente o milho, sem parar de misturar. Depois que começar a estourar, tampe e misture de 30 em 30 segundos.Depois de estourada, vire em um recipiente, acrescente o sal e misture. Depois é só se divertir e comer bastante.

3 - Escolham  juntos algumas   palavras dos ingredientes da RECEITA acima, nomeando e escrevendo as letras iniciais de cada uma  e conversar sobre a importância de se fazer uso de alimentos saudáveis, inclusive os típicos dessa data, que evitem a obesidade.         
                                                                                                  
4 – A festa Junina geralmente é ao SÁBADO ou ao DOMINGO. Apresentar um calendário para a criança e conversar sobre quantos dias tem a semana e quais são eles. Usar o vídeo Dias da Semana




4.a - Identificar dentro do calendário apresentados as letras que indicam os dias da semana e os numerais já reconhecidos pela criança escrevendo-os. 
 
5 - Conversa sobre os ambientes próprios tradicionais dessa data e confeccionar bandeirinhas e correntes juninas com qualquer tipo de papel para decorar um cantinho da casa.

6 - Brincar em família  diversas atividades à escolha, próprias dessa data  ou das propostas no vídeo, Brincadeiras de Festa Junina na quarentena



7- Entrevistar algum familiar ou parente como pais, tios e avós sobre como se dava as festas quando estes eram mais novos.




1. Assistir o vídeo:

 

2. Depois de assistir o vídeo, deixe o vídeo mudo e seguindo as imagens, tente recontar a história para sua família, do seu jeitinho com tudo que você lembrar;

3. Agora com a ajuda da sua família, confeccione um circo usando as figuras geométricas: retângulo e triângulo.


·                          Podemos brincar também com os personagens do circo, utilizando pedacinhos de jornais, revistas ou outras folhas que tiverem em casa, pode até ser em tecido, vai ficar bem legal.

4. Vamos ouvir a história novamente e anotar os nomes dos animas e contar quantos animais aprecem na história.

5. Desenhe o animal que mais gostou.

6. Quais outras palavras, podemos escrever usando as letrinhas do CIRCO?  Exemplo:

C  = (CASA)
I = (IGREJA)
R = (RODA)
C = (CARACOL)
O = (OLHO)


7. Para finalizar que tal brincarmos de CIRCO...



Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.



===============================================================================================================================================================================================================


As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.




Vamos assistir um vídeo bem legal que nossa professora Liliane realizou com carinho?





Vamos conversar com a criançada sobre a história?

Procure um local bem bacana, e sente com seu(sua) filho(a) e pergunte a ele algo sobre o vídeo, como:

1-) O monstro verde tinha cabelos espetados e  grandes olhos, e você?! Como é seu cabelo? De que cor são seus olhos? 

2-) Qual a cor da sua pele? Qual é a cor da pele do monstro?

3-) Você tem medo de monstro? Por quê?

4-) Como são os dentes do monstro? E o seu?

5-) Qual é a cor dos olhos do monstro? Existem frutas destas cores? Quais?

São algumas sugestões de perguntas que você, papai ou mamãe, pode realizar.

Agora, porque não confeccionar uma máscara de um monstro?

Com sua criatividade, e com o material reciclado que em casa possui, construa uma máscara de uma monstro bem assustadora e nos envie uma foto!

Capriche, hein!?




1. Assistir o vídeo:  A família tradicional ou realizar a leitura do texto.



Era uma vez uma família que morava num lugar diferente, morava na palma da mão!

Ela era formada por 5 pessoas (esticar os dedos e apresentar a família)
O papai polegar,
a boa mãezinha do lar,
o irmão que era o mais alto,
a irmã que era menor e o nenê tão miudinho e gentil.

Essa família era chamada de tradicional, um alegre pessoal!

Vamos pôr o nenê para dormir!?
(balançar o corpo como se nina um bebê)

Psiu! Silêncio para não acordar o bebê!

Laralará...Laralará
 

2. Depois de ter assistido o vídeo ou realizar a leitura do texto, os pais podem confeccionar cartelas de bingo para brincar com as crianças. Seguem alguns exemplos:



3. Os pais podem brincar de amarelinha junto com as crianças.
O jogo consiste em pular sobre um desenho riscado com giz no chão, que também pode ter inúmeras variações. Em uma delas, o desenho apresenta quadrados ou retângulos numerados de 1 a 10 e no topo o céu, em formato oval.
Regras da brincadeira: amarelinha
·         Tira-se na sorte quem vai começar.
·         Cada jogador joga uma pedrinha ou tampinha, inicialmente na casa de número 1, devendo acertá-la em seus limites. Em seguida pula, em um pé só nas casas isoladas e com os dois pés nas casas duplas, evitando a que contém a pedrinha.
·         Chegando ao céu, pisa com os dois pés e retorna pulando da mesma forma até as casas 2-3, de onde o jogador precisa apanhar a pedrinha do chão, sem perder o equilíbrio, e pular de volta ao ponto de partida. Não cometendo erros, joga a pedrinha na casa 2 e sucessivas, repetindo todo processo.
·         Perde a vez quem:
o    Pisar nas linhas do jogo
o    Pisar na casa onde está a pedrinha
o    Não acertar a pedrinha na casa onde ela deve cair
o    Não conseguir (ou esquecer) de pegar a pedrinha de volta
·         Ganha quem terminar de pular todas as casas primeiro.

4. Para finalizar a criança pode desenhar a brincadeira realizada e escrever a palavra AMARELINHA.






Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.







==========================================================================================================================================



As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.



Pintando o sete.

Nestas atividades iremos utilizar a receita caseira e tinta guache postada na rede social da escola nos primeiros dias de quarentena.

Vamos relembrar a receita:
  • 2 colheres de açúcar
  • meia colher (pequena) de sal
  • meia xícara de amido de milho
  • 2 xícaras de água
  • corantes alimentícios ou sucos em pó

Modo de preparo:
  • Em uma panela coloque o amido de milho e vá acrescentando a água aos poucos, sempre mexendo.
  • Acrescente o sal e o açúcar, leve ao fogo baixo e mexa até engrossar.
  • Quando estiver com a mesma consistência do guache desligue e deixe esfriar.
  • Divida a mistura em potinhos diferentes e acrescente o corante ou o pó de sucos.

A cidade de Hortolândia completa nesta terça-feira 29 anos de emancipação. Em 19 de Maio de 1991 os moradores votaram e Hortolândia deixou de ser um distrito de Sumaré e se tornou uma cidade.
Deste modo vamos trabalhar as cores da bandeira do município de Hortolândia em nossa atividade.

São ela: amarelo, verde e azul.

Com a tinta pronta vamos começar, sugiro que essa atividade seja realizada em azulejos por isso um lugar muito legal parar realiza-la é o banheiro na parte do chuveiro (facilita a limpeza depois).

Coloque as tintas em recipientes separados por cor e caso não tenha pincel deixe a criança utilizar as próprias mãos.

Comece pela cor amarela, disponibilize o recipiente com a tinta e deixe a criança a vontade para criar e desenhar no azulejo, neste momento aproveite para ir repetindo o nome da cor várias vezes e diga que é a principal cor da bandeira de Hortolândia, cidade onde vivem e cidade da escola da criança. Repita o processo com as outras cores ressaltando como a cor aparece na bandeira do município.

Incentive a criança a repetir o nome das cores e o da cidade de Hortolândia várias vezes no decorrer da atividade e da semana.

Registre a atividade com e se possível.
Um bom divertimento e vamos fazer arte.

Exemplo:


Arquivo pessoal


Bandeira de Hortolândia:
Disponível em:



Atividade 1: Fazer uma conversa com a criança a respeito da cidade que ela vive.
Nós moramos na cidade de Hortolândia, você sabia que as cidades também fazem aniversário? É verdade, a nossa cidade está completando 29 anos.
Parabéns Hortolândia!

Você gosta de morar aqui? O que você mais gosta de fazer na cidade, quando não estávamos em casa na quarentena? Ir ao parquinho, ao cinema, a casa de familiares?

Sugestão de vídeos: 













A nossa cidade tem uma bandeira que a representa, você e sua família conhecem?



Bandeira de Hortolândia tem um brasão municipal no meio, e tem três cores: Amarelo, verde e azul.
O amarelo representa todo o território da cidade e a força do sol, sempre presente.
As faixas azuis representam as águas do Rio Jacuba, o principal rio da nossa cidade, o que deu origem ao povoado a viver aqui.
O verde representa os limites do horto e simbolizam os moradores hortolandenses.

Atividade 2: Com a ajuda da sua família, representam a bandeira da cidade da forma como podem, ou imprimindo e a colorindo, ou através de desenhos, ou ainda com colagens.

Atividade 3: Construindo a sua própria cidade. Usando materiais recicláveis e a criatividade.
Com a ajuda da sua família, junte materiais reciclados e higienizados como caixinhas de leite, de suco, de remédios, pasta de dente, de fósforo e outros.
Confeccione alguns pontos turísticos mais conhecidos da cidade, ou o local que você mais gosta e frequentar.




1- Assista junto com a criança o vídeo “Letra H Letras Os Pequerruchos Almanaque”


2 - Converse com seu filho(a) contado que a cidade de Hortolândia está fazendo aniversário, 29 anos, e depois pergunte para ele sobre as coisas que tem na cidade. Exemplo: comércios, meios de transporte, rios, lagos etc...


3 - Agora vamos andar na letra H de Hortolândia?

Usando giz, fita crepe ou o material que estiver em casa, desenhe a letra H no chão e pede para a criança andar em cima dela.


4 -   Vamos fazer nossas mãozinhas trabalhar?

Usando uma folha de sulfite, o adulto vai escrever a letra H no tamanho grande e usando matérias que estiver m casa, como papel picado, macarrão, lantejoulas grandes, e vai pedir para a criança colar sobre a letra escrita na folha, lembrando que essa atividade deve ser supervisionada por um adulto.

Boa diversão... 



Olá papai, mamãe,
Esperamos que estejam bem e saudáveis. Seguem orientações e estratégias para favorecer o desenvolvimento de seu(a)  filho(a)

1- Perguntar para criança, se ela sabe em que mês estamos?
Informar que neste mês de Maio comemoramos aniversário…. De quem? Do quê? Da nossa cidade!!!
Levantar alguns pontos para reflexão: qual lugar preferido na cidade, Qual nome do bairro onde moramos, nome do bairro onde a escola está localizada, qual trajeto fazemos ao sair de casa para a escola.

2- Assistir  vídeo Ora bolas , Palavra Cantada 




Agora desenhe sua casa e o que se pode encontrar ao seu redor.

3- Assim como os times de futebol tem bandeira e um hino, as cidades também. Vamos conhecer?

Analisar as cores e formas, logotipo da bandeira assim como a melodia, conhecer a letra da música e reconhecer alguns lugares:




4- Vocês sabem quantos anos a cidade completa? Que tal preparar um bolo junto com a mamãe e com o papai? E atenção às quantidades!
Agora que ficou pronto, que tal você registrar o bolo colocando as velinhas correspondentes a idade de Hortolândia

5- Escreva com o auxílio dos pais a palavra HORTOLÂNDIA, com que letra começa e com que letra termina? Que tal tentar fazer estas letras e quantas quiser através do corpo?

6- Para finalizar após virar pra cá e pra lá transformando em diferentes letras, vamos transformar em objetos utilizados pelos cozinheiros do dia….


Olá família, como vocês sabem Hortolândia completou 29 anos de emancipação no dia 19 de maio. Que tal aprendermos um pouquinho mais sobre nossa cidade?
Assista com seu filho essa reportagem feita o ano passado em comemoração aos seus 28 anos.


1- Olhe estas duas fotos. Você sabe que lugar é? Qual a diferença? O que foi no passado e hoje?




2- Vamos assistir o vídeo que nos mostra alguns pontos importantes de nossa cidade.



3- Você já esteve em algum desse lugares? Faça um desenhe de um dos lugares que visitou ou que tenha visto no vídeo e que gostou.

4- Recorte de revista ou jornais as letras da palavra “HORTOLÂNDIA” e faça colagem montando o nome de nossa cidade.

            5- Os aniversários normalmente são comemorados com bolo. Desenhe um bolo bem bonito para nossa cidade e não se esqueça de pôr em cima as velinhas com a idade dela “29”.

            6- Os trens de ferro tiveram uma importância muito grande para o surgimento de Hortolândia, que tal aprendermos mais um pouquinho com eles?








7- Observe como é bonita a bandeira de Hortolândia.

Escreva o nome das cores de nossa bandeira, destacando a letra inicia de cada cor.




Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.

=====================================================================================================================================================================================================================
As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.


Espetando as cores

Em uma caixa de sapatos ou pedaço de papelão faça pequenos furos para que a criança encaixe canudos. (Pode ser utilizado também um escorredor de macarrão).

Ao fazer movimento de pinça para pegar os canudos e colocar de volta no buraco é trabalhada a coordenação motora. Lembre-se de você fazer para ele ver como é e incentive-o a fazer com ambas as mãos! 


Exemplo:


 acesso em: 08/05/2020

 acesso em: 08/05/2020



Em todo o momento da nossa vida, é muito importante cuidarmos da nossa higiene para também cuidarmos da nossa saúde.

Atividade 1: leitura do livro “Sujo, eu?!” 


Atividade 2: Refletir sobre o livro e hábitos de higiene


·         O que você faz para manter o corpo limpo?
·         Quem aqui gosta de tomar banho?
·         Quem não gosta?
·         Porque é importante manter hábitos de higiene corporal.
·         Quais hábitos de higiene você prática todos os dias?
·         Em sua opinião, por que os hábitos de higiene são importantes para a nossa saúde?
·         O que o menino está fazendo no desenho da capa do livro? Você faz isso? Por quê?

Atividade 3: Junto com sua família, separe os rótulos de produtos de higiene corporal que você utiliza no dia-a-dia.

Faça um cartaz com ajuda de um adulto, separando cada item para qual finalidade vocês usam em casa, separando por:
·         produtos utilizados para a higiene dos cabelos
·         produtos utilizados para a higiene da boca / dentes
·         produtos utilizados para a higiene das orelhas



Atividade 4: Assista em casa com sua família aos vídeos em relação à higiene:













O banho pode ser divertido?
- O que o ratinho está fazendo?
- Quais as partes do corpo que o ratinho lava durante o banho?
- Por que precisamos tomar banho?
- Quais produtos devemos utilizar durante o banho para eliminar os resíduos naturais de nosso corpo (suor, células mortas e sebo), a poeira e as sujeiras?
- O que pode acontecer com as pessoas que não tomam banho?
- E quando não lavamos o cabelo?
- Você sabe o nome de algum bichinho que pode ir aos cabelos? (piolho)
- O que precisamos fazer para evitar piolhos?



Atividade 5: Experimento: Será que sei lavar a mão direito?
Objetivo
- Verificar a forma como os alunos lavam as mãos.
- Demonstrar a forma correta de higienização das mãos.

Materiais
- 1 venda para os olhos;
- 1 pote de tinta guache colorida;
- Água para enxaguar;
- 1 toalha para secar as mãos após o experimento.

Procedimentos:
1. Coloque algum pano para cobrir os olhos da criança;
2. Passe tinta pelas mãozinhas podem ser a tinta guache ou a tinta caseira, explique que colocará em suas mãos um pouco de sabonete líquido;
4. Oriente-o para que esfregue as mãos, como se estivesse lavando-a;
5. Retire o pano dos olhos;
6. Observem juntos se a tinta colorida se espalhou por toda a mão ou se alguma parte ficou sem tinta.

Desse jeito é possível perceber que as partes que não foram coloridas pela tinta são as que não foram “bem lavadas”, restando ainda sujeira e micro-organismos prejudiciais a nossa saúde. Daí a importância de se ter paciência e procurar lavar todos os cantinhos das mãos, inclusive as unhas. É muito importante mantermos as unhas limpas e cortadas, pois além dos micróbios e germes que nela se alojam, os vermes que estão na areia ou na terra podem se permanecer debaixo das unhas. Assim, se coçarmos um machucado, com as unhas, compridas e sujas, ou levarmos nossas mãos, sem as lavarmos, aos olhos, boca e nariz, estes seres nocivos podem penetrar em nosso corpo, causando inflamações e doenças.


Algumas crianças da nossa sala usam fralda, e nesse momento em que estamos em casa é muito importante e propício para realizar o desfralde. Aqui vão algumas dicas para ajudar nesse momento:

 

História: O que tem dentro da sua fralda?





Aqui vai uma leitura em sugestão para as famílias que estão desenvolvendo o desfralde em casa:






Olá turma!

Nesta semana vamos trabalhar alimentação saudável, humm que delícia!
Vamos às atividades desta semana?

1.    Vamos ler a história “A Cesta de Dona Maricota”, quem escreveu esta história foi a Tatiana Belinky. 




2.    Quanta coisa gostosa na cesta de Dona Maricota não é mesmo? 
E você, o que gosta mais de comer? 
Converse em família sobre seus alimentos preferidos...São as frutas? Os doces ou a salada? Que comida a mamãe faz que você mais gosta?
Ah, por falar em comida temos dois vídeos bem legais sobre isso, quer ver?








3.    Agora é hora de fazer arte! Recorte de jornais de supermercado ou de revistas seus alimentos preferidos. Ah você também pode desenhar se preferir. Cole as figuras dentro do pratinho. 


4.    Falar em comida deu uma fome...Temos duas sugestões de brincadeira sobre alimentos, escolha a que mais gostar ou faça as duas se quiser.

Brincadeira 1: Tape o olho da criança com um lenço e coloque na boca alimento para que a criança experimente, pergunte se é doce ou salgado, quentinho ou frio e se ela sabe o que é. Você pode usar frutas, pãozinho ou até mesmo o arroz e feijão na hora da refeição!

Brincadeira 2: Num saquinho escuro ou caixinha coloque frutas, legumes ou grãos para que a criança tente descobrir o que é. O importante é não ver o que tem dentro e tentar descobrir apenas tocando com as mãos.

5.    Na escola gostamos muito de brincadeiras cantadas e a da “Comida brasileira” é uma das nossas preferidas. Vamos cantar juntos?! Mas atenção, só pode bater palmas se for comida!

“Vai começar
A brincadeira,
Da comida brasileira.
Só bate palma,
Se for comida.
Arroz...Feijão...Macarrão...Batata...Jacaré”

Pra você que não conhece a melodia, veja no link:




E chegou o momento de nossa Atividade Bônus!

Vamos construir um projetor de imagens muito legal utilizando celular e alguns objetos que a gente tem em casa.

Para realizar este desafio você vai precisar de:
·         1 rolo de papel higiênico ou papel toalha (você também pode usar outros descartáveis, veja no nosso passo a passo);
·         Fita adesiva
·         Caneta permanente
·         Plástico filme ou saquinho plástico transparente
·         1 lanterna ou aparelho celular que tenha lanterna.

Veja o passo a passo abaixo 







Autoria: Professora Bianca





1.    Observar a Tirinha da Turma da Monica



1.    A partir da observação da tirinha pedir para a criança contar uma história.

2.    Em seguida fazer uma ilustração da mesma.

3.    Em um recipiente (com areia, ou algum tipo de farinha fina como, por exemplo, farinha de trigo). 



1.    Pedir para a criança desenhar a letra inicial do nome dos personagens e também o nome dos integrantes da família.

2.    Desenhar também as formas geométricas apresentadas na tirinha.

3.    Assistir ao vídeo 





1.    Auxiliar a criança na confecção do avião.

2.    Brincar com ela dando comandos como:
a.    Direita e esquerda
b.    Baixo e alto
c.    Perto e longe.

3.    Assistir o vídeo – MÃE DE TODOS OS TIPOS



a.    Após ter assistido o vídeo identifique o tipo da mamãe e da vovó.

b.    Com palitos de sorvete, fosforo ou gravetos de arvore escrever o nome da mamãe.





         Esta semana trabalharemos algo muito importante que anda rondando nossas casas, é a dengue, para afasta-la devemos trabalhar todos juntos. Vamos lá.

Para saber um pouco sobre o que é a dengue, assista a esse pequeno vídeo informativo juntamente com seu filho(a), ressaltando a importância dos cuidados para evitar a dengue.

Como vimos a dengue não é brincadeira, agora com a ajuda de um responsável vamos fazer algumas atividades.

1 – Escreva o nome de três locais onde o mosquito da dengue pode colocar seus ovos.


3 – Escreva o nome do mosquito transmissor da dengue.

Você encontrou algum? Desenhe um deles.

5 – Alguém na sua casa já teve dengue? Se sim. Quem? Como foi?

Agora assista a história UM REINO SEM DENGUE, é só acessar; 




1 – Faça um desenho da história UM REINO SEM DENGUE. Você pode escrever o nome da história.

2 – Na história escreva o nome de quem teve dengue.

Escute a música Vira-vira 




1 – Observe o mosquito. Quantas patas tem?  Faça o numeral e cole bolinhas de papel representando a quantidade. (as bolinhas podem ser feitas com pedacinhos de papel higiênico).





Essa é a minha dobradura e a sua como ficou?








Para finalizar a semana, certos de que em sua casa não há nenhum criadouro para o mosquito da dengue, você pode construir um mosquito juntamente com a mamãe ou responsável. Porque mosquito em casa só de brincadeira.


Não esqueça de escrever o nome nas atividades e tirar fotos e compartilha-las se possível.
            Tenham uma ótima semana!
 Professoras do JDII

Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.




============================================================================================================================================================================================
===========================




As atividades complementares para alunos da Educação Especial (Inclusão) - AEE - estão disponibilizadas impressas na escola.


Ora Bolas.

Estique alguns pedaços de fita adesiva entre duas superfícies e sob a supervisão de um adulto oriente a criança a ir colando bolinhas de plástico coloridas na parte colante da fita (pode-se usar tampas coloridas de garrafas pet). O adulto deve falar o nome da cor cada vez que a criança pegar uma bolinha para colar.

Cada vez que a criança conseguir colar uma bolinha deve ser comemorado seu sucesso para incentiva-la.

Para as crianças que já conhecem e nomeiam cores, pode ser orientado que coloquem em cada pedaço de fita uma única cor.

Ao fim, o adulto pode contar as bolinhas coladas por cor e depois a quantidade total de bolinhas nas fitas e pedir para a criança tirar as bolinhas das fitas.

Exemplo: 






Para começar vamos ler o poema:

“Se as coisas fossem mães”- Sylvia Orthof


Se a lua fosse mãe, seria mãe das estrelas,
O céu seria sua casa, casa das estrelas belas.
Se a sereia fosse mãe, seria mãe dos peixinhos,
O mar seria um jardim e os barcos seus caminhos.
Se a casa fosse mãe, seria a mãe das janelas,
Conversaria com a lua sobre as crianças-estrelas,
Falaria de receitas, pastéis de vento, quindins,
Emprestaria a cozinha pra lua fazer pudins!
 Se a terra fosse mãe, seria mãe das sementes,
pois mãe é tudo que abraça, acha graça e ama a gente.
Se uma fada fosse mãe, seria a mãe da alegria.
Toda mãe é um pouco fada... Nossa mãe fada seria.
Se uma bruxa fosse mãe, seria mamãe gozada:
Seria a mãe das vassouras, da Família Vassourada!
Se a chaleira fosse mãe, seria a mãe da água fervida,
 Faria chá e remédio para as doenças da vida.
Se a mesa fosse mãe, as filhas, sendo cadeiras,
 Sentariam comportadas, teriam “boas maneiras”.
Cada mãe é diferente: Mãe verdadeira, ou postiça, mãe-vovó, mãe titia,
Maria, Filó, Francisca, Gertrudes, Malvina, Alice, toda mãe é como eu disse.
Dona Mamãe ralha e beija,
Erra, acerta, arruma a mesa, cozinha, escreve, trabalha fora,
Ri, esquece, lembra e chora, traz remédio e sobremesa.
Tem até pai que é “tipo-mãe”...
Esse, então, é uma beleza ! 


Após a leitura observar a capa do livro, com a ilustração e refletir com a família algumas partes do texto oralmente:



- Qual é o nome da história?
- Quem aparece na capa? O que eles estão fazendo?
- Qual é o nome da sua mãe?
-Você conhece ou conheceu a mãe da sua mãe? Qual o nome dela?
- O que você mais gosta de fazer com a mamãe?
- Você viu na história que se as coisas fossem mães:
Se a lua fosse mãe, seria mãe das: ________
Se a sereia fosse mãe, seria mãe dos: _______
Se a casa fosse mãe, seria mãe das: _______
O que mais poderia ser mãe ai na sua casa, seria mãe de que? Exemplo: Se a blusa fosse mãe, seria mãe das: ____, se a toalha fosse mãe, seria mãe do: _____
Se a escova fosse mãe, seria mãe dos: ______
Faça uma lista com o que construíram com as crianças e procure figuras em revistas e jornais, ou desenhe com a escrita de cada versinho que vocês criaram.

Vamos ouvir e cantar em homenagem à mamãe:


Vamos confeccionar um cartão para ficar de lembrança para a mamãe? Faça com o que tiver em casa. Se não tiver tinta guache, pode usar a tinta caseira, ensinada na primeira atividade do nosso blog.

Exemplo:






Além da mamãe, toda a nossa família é muito importante para nós.
A árvore genealógica é um histórico de uma parte das pessoas que fazem parte da nossa família.
É um desenho, que serve para mostrar as ligações familiares, trazendo nomes, idade e outras informações que achar relevante.
Veja com sua família, quem faz parte dela e construa a sua árvore genealógica:
Use fotografias, recortes de jornais e revistas ou desenhe cada integrante da sua família e o nome de cada um, para ocupar cada espaço.
(Não precisa imprimir, pode desenhar em um papel a árvore e ir colocando cada pessoa no seu lugar relacionado ao parentesco)




1)    Vamos ler uma história em família? Acesse o link abaixo e lá você encontrará a história “Adivinha o quanto eu te amo” de Sam McBratney. Faça a leitura e conversem sobre o que mais gostaram da história.



1)    Agora vamos confeccionar os personagens da história! Para fazer basta riscar o molde das mãozinhas. Com o contorno da mão da mamãe faça o coelho pai da história e com o contorno da mão da criança o coelhinho filho. É só montar como mostra a foto abaixo. Corte o dedinho do meio e dobre o mindinho e o anelar. Agora é só desenhar o rostinho e as orelhas!!! Cada um desenha o seu! Vocês podem relembrar a história ou até mesmo inventar a sua! Só não pode esquecer de dizer para o coelhinho filho “EU TE AMO”!



 Fonte de pesquisa: https://www.pragentemiuda.org/2014/02/passo-passo-de-coelhinho-com-molde-das-maos.html

3)     Hora de se movimentar!

A brincadeira é “Seu mestre Mandou”. Para aquecer vamos ouvir uma música!


 Agora o adulto em casa dá o comando...

“Seu Mestre mandou: Pular como o coelho/Esticar os braços para cima/ para baixo/Ficar na ponta dos pés.
Invente tudo o que quiser!

4)    Ufa! Agora seria bom dar uma relaxada...

Escolha em casa um lugar de sua preferência.... Agora vamos brincar de massagista. Para criar um clima aconchegante e curtir o momento coloque uma música tranquila. Segue uma sugestão:


 Primeiro a mamãe faz a massagem na criança e depois a crianças faz na mamãe.


Vocês vão encontrar dicas incríveis no link abaixo:



5)    Para finalizar vai o “Desafio da Semana”.

O dia das mães está chegando e que tal confeccionar o seu cartão com ajuda da criança? Escolha uma das receitas de tinta caseira aqui do nosso blog e prepare com a criança. Escolha também materiais recicláveis para utilizar como carimbo. Pode ser fundo de garrafas pet, rolinho de papelão, rolhas, o que tiver disponível. A criança faz os carimbos e a mamãe finaliza dobrando o cartão, decorando como quiser. 










1 - Assistir o vídeo:



2.    Os pais que não puderem acessar o vídeo, podem realizar uma conversa informal com a criança sobre hábitos de higiene, alimentares, amizade e necessidade da hora do descanso.

3.    Em uma folha de papel, trabalhar as letras da palavra família, da mãe ou responsável

4.    *Os nomes deverão ser escritos pelo responsável e observados pela criança que responderá:
* Com qual letra cada nome começa? Ex: FAMILIA  (Começa com a letra F)
* Com qual letra cada nome termina? Ex: FAMILIA  (Termina com a letra A)
* Quantas letrinhas cada nome possui? Ex: FAMILIA (possui sete letras -7-)
* Trabalhar maior quantidade de palavras e letras à medida que a criança for mostrando aprendizado.

5.    Também em uma folha de papel, confeccionar ou desenhar uma moradia usando formas geométricas.

Cantar a canção das formas observando-as. Sugerida em 



Use:

7. Conversar sobre a quantidade necessárias de alimentos para se ter boa saúde. Perguntar a criança se o que ela mais gosta de comer é saudável? Por quê? Procurar mostrar a importância de alimentação variada e higiene bucal após esta;

8. Conversa com a criança sobre o trabalhador que produz alimentos saudáveis.  Enfatizar o trabalho que a mamãe tem para prepará-lo. 

Sugestão: Poesia cantada ``Passa, Passa Gavião`` 
que menciona trabalhadores e profissionais;

9. Dobradura de componentes da família;



Crianças de mãos dadas: Dobradura e Recortes. Sugerir que a criança desenhe cada componente da família após o recorte da dobradura;

10. Brincar em família, sentados em rodas, de adivinhar profissões - trabalhadores:
* O responsável diz: Estou pensando em alguém que faz pão. A criança tenta adivinhar o referido profissional.

* A brincadeira segue podendo ser usada as seguintes sugestões: ”estou pensando em alguém que: Apaga o fogo; vende jornal; vende carne; trabalha na feira; pinta casas; conserta sapatos; cuida dos doentes; faz comida; ensina as crianças; etc...;”

11. Brincar em família de salão de beleza, escritório, restaurante, etc... valorizando o trabalhador.
Esta é uma semana muito especial e para iniciarmos ouça essa canção bem juntinha com seu filho(a).
Agora vamos as tarefas da semana em homenagem a você mamãe.
Dia das Mães
A oficialização da comemoração do Dia das Mães no Brasil foi institucionalizada no Governo Vargas, em 1932, e desde então é comemorado no segundo domingo do mês de maio.
1 – Peça para seu filho(a) fazer um desenho daquilo que ele(a) mais gosta e fazer com você.
2 – Escreva o nome da mamãe, conte quantas letras tem e registre o numeral. Faça a primeira letra em um tamanho maior e enfeite como desejar, pode ser colagem de papel, tecido, etc.
3 – Faça o desenho de sua mãe e escreva: TE AMO!
4 – Recorte de revista ou desenhe um presente que gostaria de dar a mamãe.
5 – Faça a leitura do pequeno poema.



o   Agora faça um coração e escreva dentro o nome de sua Mãe. Pode enfeitar o coração como desejar. Cole barbante, lã ou bolinhas ao redor do coração.




6 – Faça o desenho da história a mãe e eu.

7 – Escreva uma palavra para sua mãe e enfeite como desejar.



8 – Vamos fazer um cartãozinho para marcar essa data tão importante. Eu já fiz o meu e coloquei na parede. Segue algumas sugestões.






9 – Vamos fazer uma dobradura. Seguindo o passo a passo você faz a tulipa. Colar em uma folha e desenhar o caule e suas folhas, completando o desenho.

10 – Vamos brincar um pouco, criando um fantoche simples.

11 – A atividade pode ser feita com uma foto sua, ou a imagem de uma figura de revista cortada ao meio para que a criança faça a outra metade que falta do rosto. (imagens de rosto). Escolha imagem simples, sem muitos detalhes e oriente-os, perguntando o que está faltando. O que tem de um lado que ainda não tem do outro.

Faça as atividades com calma, vá distribuindo-as ao longo da semana para que a criança não se canse muito. 






Registrem através de fotos ou vídeos, as crianças realizando as atividades e encaminhem por e-mail emeiefsebastiana@gmail.com ou através de nossa página no Facebook.


Com carinho,



Equipe Sebastiana
2020


==========================================================================================================================================

EMEIEF SEBASTIANA DAS DORES MOURA

ATIVIDADES DA SEMANA – 27/04 A 01/05

BERÇÁRIO A, B e C

Educadoras: Aline, Andressa, Ariane, Edimara, Fátima, Jéssica, Mariana, Mayra, Selma, Silvana e Vanessa

Pequeno Tesouro

Faça cinco sacola, e em cada uma delas, separe uma uma coleção de objetos. Reúna nas seguintes categorias:

Visão: um espelho plástico, figuras, fantoches e etc;
Audição: potes plásticos contendo arroz, feijão e etc;
Tato: vários objetos com diferentes texturas algodão, lixa, esponjas e etc.
Olfato: sachês individuais com ervas e flores secas, seguramente costurados;
Paladar: frutas doces e azedas;

Obs.: Trabalhar um sentido a cada dia.

Como trabalhar?

Sentar com a criança, e deixar com que a mesma pegue um objeto por vez dentro da sacola. Estimule a criança ao ver o espelho, ao enxergar figuras, cores diferentes pronunciando sempre o nome dela.
Na sacola da audição, estimule a criança a pegar algum objeto e faça o barulho com ela, e diga o que, se é arroz, se é milho.
Na sacola do tato, leve a mão da criança pra dentro da sacola e faça com que a mesma sinta as diferentes texturas, como a maciez do algodão, a aspereza da lixa.
Na sacola do olfato, estimule a criança a sentir os diferentes cheiros.
Na sacola do paladar, estimule a criança a sentir os diferentes gostos.

Vídeos:

Cocoricó - Emoções


Sacola “Pequeno Tesouros” 







  
======================================================================================================================


MINI GRUPO A, B e C
Profª Thais


Para começar vamos assistir o vídeo: “A casa sonolenta ” Audrey Wood (autora) e Don Wood (ilustrador).


Versão do livro digitalizada:  

Só de ler a história já deu aquele soninho gostoso. Zzzzzz

Epa! Agora não.  Continuando...

Após a leitura observar a capa do livro, com a ilustração e refletir com a família algumas partes do texto oralmente:




- O que vemos na capa do livro?
- Qual o nome da história? Por que a história tem esse nome?
- Quem são os que estão em cima da cama?
- Todos estavam dormindo na mesma cama, por qual motivo você acha que isso aconteceu?
- Será que nessa casa não tem camas para todos dormirem?
- Eles ficaram dormindo para sempre?
- Quem participa da história?
- O que eles estavam fazendo? Onde?
-Quem despertou todos os outros? Como ela fez isso?

Vamos cantar todos juntos a música da Casinha:

Você conhece outras músicas que falam de casa? Quais? Vamos cantar!

Vamos fazer a dobradura da casa, com os materiais que tivermos em casa e depois pintamos do nosso jeito!
Exemplo:


A nossa casa é um lugar muito especial, ela serve para nos proteger, descansar e é onde moram as pessoas que mais amamos e que se preocupam conosco, nesse momento é muito importante ajudar a família na organização de casa, sempre guardando os brinquedos no lugar certo:
“Guarda, guarda, guarda direitinho
Quem guardar direito vai achar arrumadinho!”

Além de nós, os animais também procuram um abrigo para se proteger do frio, do calor, do vento, da chuva.  Vamos conhecer onde alguns deles vivem?
Os animais procuram abrigos naturais como: cavernas, árvores, fendas em rochas, corais no fundo do mar. Alguns constroem casas, que é um abrigo contra o perigo do ambiente e para a criação de filhotes.
                                         
Dos animais que você conhece citem os que:

Constroem casa:

Fazem ninhos:

Fazem tocas:

Moram no alto das árvores:

Moram debaixo da terra:


 Se possível, dê uma volta pelo quintal e observe como são as casas dos vizinhos e a sua.

De quais cores são, quantas janelas tem, se tem animais de estimação, você conhece quem são seus vizinhos?




======================================================================================================================

MATERNAL A, B e C
Profª LILIANE, BIANCA e ARISLAINE

Assista junto com a criança o vídeo “O diário de Mika – O Palhaço” https://www.youtube.com/watch?v=Z9pBFer_xbg&feature=youtu.be  Após assistir o vídeo, converse com a criança sobre o que ela mais gostou.

Com a ajuda da família e usando os materiais que tiver em casa (lápis de cor, tinta, giz de cera, etc) faça um desenho bem bonito da parte do vídeo que a criança assistiu e mais gostou.

Vamos brincar de circo???
     Corda bamba: usando uma corda, ou barbante, ou fita crepe, coloque no chão e peça para a criança andar em cima, em um colchão e sempre com a ajuda de um adulto ajude a criança a virar cambalhotas...


Conversar com as crianças que as pessoas que trabalham no circo também moram lá.
Assistir a reportagem ``A vida de quem mora no circo`` https://www.youtube.com/watch?v=8ta5tZB4Xmk&feature=youtu.be e em seguida procurar em revistas ou jornais, diferentes tipos de moradias, e se possível colar em uma folha.

Desafio da semana: Vamos construir uma cabana... Usando lençóis, cobertores, cadeiras, almofadas e com a ajuda da família construa uma cabana imitando um circo e boa diversão.





======================================================================================================================

JARDIM I A, B, C, D e E
Profª JULIANA, MARIANA, EDERLY, LILIAN e ANDREA

TEMA: DENGUE

1. Assistir o vídeo: Xô dengue.

Os pais que não puderem acessar o vídeo, podem realizar uma conversa informal sobre a Dengue.
- Como o mosquito nasce?
-Como ele transmite a doença?
-O que podemos fazer para prevenir?
-Será que os mosquitos podem nascer no circo também?
-O que as pessoas que moram lá devem fazer também?
-O que todas as pessoas devem fazer para que evitar?
-Quais serão as consequências se não tomarmos cuidado?
-Será que só a gente tomar esse cuidado e as famílias do circo não cuidarem bem da sua casa, o que pode acontecer?
Os pais que puderem acessar o vídeo podem perguntar: Quais os cuidados que devemos tomar que o vídeo mostra. 
Após a conversa, os pais podem escrever a palavra DENGUE em uma folha e falar para as crianças o nome de cada letra, quantas letras tem nessa palavra, qual é a primeira letra, qual é a última letra. Mostrar a quantidade de letras com o registro do número de letras na mesma folha. Falar para a criança o nome do número.



DENGUE

6




As crianças podem desenhar o mosquito da dengue ou o ciclo do mosquito da dengue, fazer com a criança uma dobradura com o material que tiver disponível.
Segue abaixo alguns exemplos do que pode ser feito:








Os pais podem identificar junto com as crianças dentro da sua própria casa ou no quintal os possíveis criadouros do mosquito e ir conversando com a criança.
Por exemplo: O que devemos fazer com os pratinhos das plantas? E os vasilhames que temos? O que devemos fazer com eles? E se deixarmos acumular água? O que pode acontecer?
Confeccionar junto com a criança um mosquito da dengue.
Segue abaixo um exemplo do mosquito e materiais que podem ser utilizados:



Para finalizar a semana, brincar com a criança com o mosquito confeccionado e dançando com a música do vídeo proposto.



================================================================================================================================================

JARDIM II A, B, C, D e E
Profª GRAÇA, FÁTIMA, AZENATE, SAINE  e LIDIAMARA
Bom dia querido (a) aluno (a)!




 
     Que tal cantar um pouquinho!


                                             
 







Agora chame a sua família para assistirem com você a história da nossa meditação de hoje.
















Essa semana iremos estudar um pouco sobre o tema: CASA

Nem todas as casas são iguais...
·         Pesquise junto com sua família, diferentes tipos de casas.

Como será que é a casinha do índio;
E a casinha dos esquimós,
E a casa das pessoas que trabalham no circo;
E da gente, como é?
Converse com sua família sobre estas diferenças.
·         Faça um desenho bem legal da sua casa, você pode usar lápis de cor, giz de cera, tinta, canetinha, se quiser pode até usar recorte e colagem, etc. Use sua imaginação para ficar bem legal.

Assista o vídeo, que preparamos com carinho para você.


Na nossa casa moram pessoas...
1-    Escreva o nome das pessoas que moram com você;
2-    Enumere cada pessoa. Quantas são? 
3-    Procure uma palavra que inicie com as letras dos nomes escritos;
4-    Tente achar alguma palavra que rime com o seu nome:


 


 



Ex:


 

LÍDIA
RIMA COM MÍDIA                                                GRAÇA RIMA COM PRAÇA
AZENATE RIMA COM IATE                                             SAINE RIMA COM JAIME
FÁTIMA RIMA COM BATMAN


Obs.: Escreva seu nome nas atividades que realizar.





ÓTIMO TRABALHO!
BOA SEMANA A TODOS!

BEIJINHOS DA EQUIPE DO JD. II



___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 ATIVIDADES DA SEMANA – 20/04 A 24/04

BERÇÁRIO A, B e C

EDUCADORAS: ALINE, ANDRESSA, ARIANE, EDIMARA, FÁTIMA, JÉSSICA, MARIANA, MAYRA, SELMA, SILVANA E VANESSA

Mar das cores

            Em uma bacia grande ou banheira, colocar um pouco de água e objetos coloridos que flutuem (podendo ser utilizado bolinha de plástico, tampas de vasilhas, retalhos de EVA).
Sempre acompanhada por um adulto, a criança deve tentar retirar os objetos da água com o auxílio de uma peneira ou concha. Neste momento deve ser reforçado pelo adulto o nome das cores.
Para as crianças que já nomeiam as cores, pode aumentado o grau de complexidade da atividade ao ser colocado a frente da bacia, outras vasilhas correspondentes as cores dos objetos e solicitar que a criança faça a seriação das cores.
Complementos:
Os adultos podem fazer a contagem dos objetos por cores ou na totalidade,
Cantar as músicas:



Exemplo:


 -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

MINI GRUPO A, B e C

PROFESSORA THAÍS

Para começarmos, vamos assistir o vídeo: O Livro dos Sentimentos - Todd Parr

Quem não conseguir acessar pelo Youtube, temos a opção digitalizada: http://atividades-imprimir.blogspot.com/2014/11/o-livro-dos-sentimentos.html

Após a leitura, refletir com a família o momento que estamos vivendo, se estamos felizes, tristes ou o que estamos sentindo ficando em casa, observar os relatos das crianças sobre os momentos vividos em família.

Segundo momento de confecção de Massinha de modelar caseira

Qual criança que não gosta de usar suas mãozinhas para fazer um pouco de bagunça?
E se essa bagunça divertida gerar um novo brinquedo, eles vão gostar mais ainda!
Massas de modelar caseiras, as massinhas, são divertidas de fazer, custam muito pouco e será um daqueles brinquedos que o seu filho se sentirá muito realizado ao brincar, afinal, foi ele mesmo que fez! 
Para fazer a sua massinha você vai precisar de:
·         1 xícara de sal
·         4 xícaras de farinha de trigo
·         1 xícara e meia de água
·         3 colheres de sopa de óleo
·         Corante alimentício ou suco de pó colorido.

Como preparar a massa para modelar

A receita de massa de modelar é muito fácil e legal de fazer. Em uma vasilha grande misture a farinha e o sal em seguida adicione a água e o óleo. Misture até que todo o conteúdo forme uma massa homogênea. Se ficar muito mole você pode adicionar mais farinha, e se ainda estiver seca e quebradiça adicione mais água.
O último ingrediente é o corante ou o pó de suco, você pode ainda usar um corante natural como o colorau, açafrão. A quantidade de colorau que você colocar é que vai dar o tom mais avermelhado ou mais alaranjado da massinha. Você pode fazer uma massinha branca sem adicionar nenhum corante. Você também pode fazer massinhas roxas e vermelhas utilizando sucos em pó de uva e frutas vermelhas.
O bom é que todas essas receitas são comestíveis, então você não precisa se preocupar se seu filho colocar a massinha na boca ou até mesmo engolir uns pedacinhos. Se você usar suco em pó ou corantes alimentícios de outras cores certifique-se de que o seu filho não tem alergia a alguns destes corantes.
Depois de feita, a massa de modelar pode ser conservada na geladeira em um pote fechado durante muito tempo.
A massinha de modelar ajuda a:
Desenvolver a coordenação motora;
Trabalhar a concentração;
Exercitar os músculos;
Estimular a criatividade e a imaginação;
Relaxar e tranquilizar.
Atividades:
·         Fazer bichinhos: como animais da fazenda, animais da casa, da selva, aquáticos, um polvo e seus oito tentáculos, uma joaninha e suas pintinhas, uma centopéia e suas inúmeras patinhas, a metamorfose de uma lagarta em borboleta… uma infinidade de possibilidades.


·         Brincar livre: inventando histórias, criando personagens, ou recriando os de desenhos animados e filmes, representando emoções e sentimentos. Com por exemplo: o uso da folha de sulfite com um desenho do rosto como base para as expressões dos olhos, boca e nariz.

·         Recurso matemático: a massinha de modelar pode ser usada na construção matemática da criança, por exemplo, contar bolachinhas de massinha, ou fazer frutinhas e colocar na árvore de acordo com o número indicado, etc.

·         Fazer comidinhas: quem não curte fazer um belo macarrão de massinha de modelar, ou uma pizza de calabresa, ou ainda muitos doces, bolinhos e bolachinhas…as crianças amam, com a imaginação podemos criar muitas possibilidades.

Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=Xr0Jic2Rkxk> Acesso em: 16/04/2020

·         Misturar as cores: na real ninguém curte muito que as crianças misturem as massinhas de modelar, porque no final ela vira uma grande bola marrom, mas de forma dirigida dá para aproveitar essa brincadeira e trabalhar com eles as cores primárias e secundárias e suas misturas. Como misturar o amarelo e o azul e perceber que irá surgir o verde, elas vão ficar fascinadas pelas novas descobertas.

Disponível em: <https://acrilex.com.br/portfolio-item/oficina-massinhas/> Acesso em: 16/04/2020

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-


MATERNAL A, B e C

PROFESSORAS LILIANE, BIANCA e ARISLAINE

1.    Vamos conhecer as famílias do mundinho? Assista junto com a criança o vídeo com a história“ As famílias do Mundinho” de Ingrid Biesemeyer. Após assistir o vídeo abaixo, converse com a criança sobre a sua família, as características da moradia onde vocês vivem, quem são as pessoas que vivem na casa e suas características físicas.

2.    Confecção de Massinha de modelar caseira:

RECEITA
1 xícara de farinha de trigo;
1/4 xícara sal;
1/4 xícara de água;
1 pacote de suco da sua preferência.

Misture bem, amasse durante uns 4 minutos e comece a brincadeira!
No lugar do suco pode-se usar corantes alimentícios, canela em pó, anilina, tinta guache, açafrão, entre outros.

3.    Construção da família em Massa de modelar: Utilize a massinha caseira que vocês confeccionaram para construir os membros da família. Ajude a criança a se atentar para as partes do corpo e características físicas de cada um.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

JARDIM I A, B, C D e E

PROFESSORAS JULIANA, MARIANA, EDERLY, LILIAN E ANDREA

Tema: Circo

1. Assistir o Vídeo: Bento e Totó, o Circo
 No caso, os pais que não tem como acessar o
vídeo, pode estar conversando com a criança, a respeito do tema, dos profissionais que lá trabalham, enfim,
dos conhecimentos que os mesmos já possuem, assim também é uma forma dos pais
passarem para seus filhos seus conhecimentos, suas vivências, proporcionando uma
conversa legal e produtiva;

2. Explorar os papéis de cada personagem, perguntando a criança sobre qual desses, ele
gosta mais, enfim, explorar o vídeo/conversa;

3. Trabalhar  a expressão corporal  com a criança  através da dança que aparece no vídeo: Bento e Totó, o Circo, sugerido no item 1.

4. Brincar com fantasias e adornos, lembrando que as mesmas não precisam ser fantasia
pronta, mas que a partir da criatividade da criança, ela pode estar representando o
personagem através das vestimentas, pinturas, enfim, de adornos; Link Sugerido: https://www.youtube.com/watch?v=tZ7vn6dH7OE.


5. Conversar com a criança sobre o papel de cada personagem, construindo saberes sobre si e o
outro;


6. Após todo esse trabalho, perguntar a criança qual a sua personagem favorita e confeccionar
o mesmo, a partir de materiais recicláveis, usando a criatividade que quiser ; link sugerido: https://www.youtube.com/watch?v=M-neoBAWkpc

Exemplos:






 7. Após confeccionado, escolher um nome para o mesmo;

8. Em uma folha, trabalhar a letra inicial do nome escolhido para o personagem, podendo colar sobre essa letra papel picado, sementes, grãos, enfim, o que os pais tiverem em casa.

9. Trabalhar a quantidade oralmente, a partir do número de personagens que aparecem no
vídeo; quantificar as letras que formam o nome do personagem.

10. Explorar sobre a questão da moradia circense e construir um circo,tenda a partir de materiais recicláveis.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.


JARDIM II A, B, C, D e E

PROFESSORAS GRAÇA, FÁTIMA, AZENATE, SAINE E LIDIAMARA

Esta semana vamos aprender um pouquinho sobre o índio.

·         Para começar vamos assistir o vídeo https://youtu.be/jZtoNaeqBpw
·         Pergunte ao seu filho quem morava no Brasil antes da chegada dos Portugueses.
·         Agora leia esse pequeno texto para seu filho. Ele contém informações importantes sobre o Índio.


·         Assista ao vídeo: Lenda da mandioca

·         Converse um pouquinho sobre a lenda e faça um desenho bem bonito.

·         Recorte as letras da palavra Índio, monte a palavra, destaque a letra inicial (I).

·         Use a criatividade e construa uma oca usando o material que queira.


Sugestão fazer um cone e enfeitar fazendo a oca. 
            




·         Vamos assistir ao clip da música 1,2,3, indiozinhos:
        Você pode dançar e cantar junto contando os indiozinhos

·         Desenhe os 10 indiozinhos da música, numerando-os de 1 à 10.

Obs. Escreva seu nome nas atividades que realizar.



BOA AULA A TODOS!
EQUIPE SEBASTIANA

==================================
ATIVIDADE  PARA JARDIM I E JARDIM II

EMEIEF SEBASTIANA DAS DORES MOURA
NOME:________________________________________________
PROFESSORA: _________________________ TURMA: JD _____ 
DATA: 15/04/2020

VAMOS COBRIR OS PONTINHOS COM MUITO CAPRICHO E DESCOBRIR O DESENHO QUE APARECE.



Mamãe, Papai ou Responsável, 
Caso não consiga imprimir em casa, compareça até a escola das 09hs às 15hs, e leve a atividade já impressa.


ATIVIDADE PARA BERÇÁRIO, MINI GRUPO E MATERNAL


COMO FAZER TINTA COMESTÍVEL

Fazer atividades com tinta é muito gostoso! Além de estimular a imaginação, coordenação motora, criatividade, por exemplo, é uma atividade muito divertida. E mais divertida ainda quando a tinta é feita em casa, sem ter problemas, caso a criança leve a mão na boca.
Veja a receita e o passo a passo de como fazer tinta caseira, é bem fácil e rápido:

Tinta de Neve
1 xícara de farinha de trigo
           1 xícara de sal
           1 xícara de água

Misture tudo, e acrescente gotas de corante alimentício.
Tinta de Gelatina
Pó para gelatina
           Água
Coloque uma quantidade pequena de água e vá acrescentando o pó da gelatina até obter a consistência de tinta. Essa tinta, além de boa para brincar, é gostosa de se lambuzar.
Tinta de Farinha
Farinha de trigo
           Água
           Corante alimentício
Misture 1 xícara de farinha e 3 xícaras de água em uma panela e deixe ferver até que a mistura esteja no ponto de tinta. Acrescente o corante e deixe esfriar. Ela mantém a textura depois de seca.
Tinta Caseira de Amido
Amido de milho (maizena)
           Água
Em uma xícara com água bem quente, coloque 4 colheres de amido de milho, três colheres de água e mexa bem. Quando a mistura esfriar, acrescente corante para alimentos e coloque na geladeira.
Depois de feita a tinta, espalhe papeis pela parede, pelo chão, e deixe a criança colorir!!!